O marxismo crítico de Guy Debord: Uma revisitação Situacionista de Maio de 1968

Aufklärung 5 (2):195-208 (2018)
Download Edit this record How to cite View on PhilPapers
Abstract
Neste ensaio, pretendemos evidenciar o marxismo crítico de Guy Debord a partir de uma revisitação de Maio de 1968. Cinquenta anos depois deste evento, com efeito, impõe‑se a pergunta: «Em que medida a definição situacionista da subjectividade anticapitalista ainda mantém a sua pertinência histórico‑crítica?» Não sendo simples, a resposta equivale, afinal, à avaliação do marxismo debordiano, tendo em vista discriminar, a seu respeito, o que está vivo e o que está morto.
ISBN(s)
PhilPapers/Archive ID
CAROMC-5
Upload history
Archival date: 2019-07-29
View other versions
Added to PP index
2019-05-30

Total views
86 ( #39,027 of 54,408 )

Recent downloads (6 months)
26 ( #26,899 of 54,408 )

How can I increase my downloads?

Downloads since first upload
This graph includes both downloads from PhilArchive and clicks on external links on PhilPapers.