A oposição de Berkeley ao Ceticismo

Download Edit this record How to cite View on PhilPapers
Abstract
Um dos principais objetivos de Berkeley nos Princípios e nos Três Diálogos, como expressamente enunciado nos títulos completos dessas duas obras e nos cadernos de anotações que antecipam sua elaboração, é a refutação do ceticismo. Este artigo procura explicitar o que Berkeley entende por ceticismo e indicar quais os princípios ou doutrinas que, segundo ele, suscitam as dúvidas dos céticos. Em seguida, procura mostrar como se dá a oposição de Berkeley ao ceticismo. No final, sugere que a refutação do ceticismo por parte de Berkeley, dada a doutrina que ele mesmo denomina de imaterialismo, não se baseia apenas na defesa do princípio esse est percipi, mas é complementada pela tese de que os objetos e suas qualidades sensíveis são imediatamente percebidos. Uma tese que, na concepção de Berkeley, é compatível com a visão do senso comum, o que sugere que ele talvez pudesse considerar a sua teoria da percepção como uma forma de realismo direto.
Keywords
No keywords specified (fix it)
Categories
PhilPapers/Archive ID
CONAOD-5
Upload history
Archival date: 2019-04-11
View other versions
Added to PP index
2017-02-20

Total views
77 ( #37,518 of 51,448 )

Recent downloads (6 months)
37 ( #15,530 of 51,448 )

How can I increase my downloads?

Downloads since first upload
This graph includes both downloads from PhilArchive and clicks on external links on PhilPapers.