Lei, amizade e participação política em Aristóteles após o biological turn: Reflexões preliminares sobre um novo paradigma hermenêutico

Download Edit this record How to cite View on PhilPapers
Abstract
Este artigo tem quatro objetivos. O primeiro deles é mostrar que dois debates contemporâneos de grande importância para a filosofia política aristotélica – a saber, o debate acerca do laço que liga ou deve ligar os cidadãos de uma comunidade política e o debate acerca da importância da participação política no que diz respeito ao alcance da felicidade – devem ser compreendidos em conjunto com o mo- vimento hermenêutico que chamamos hoje de biological turn. Como veremos, a maneira como respondemos a essas duas questões influencia ainda uma terceira, a saber, a questão acerca da importância e da função da lei para a comunidade política tal como pensada por Aristóteles. O segundo objetivo é resumir os principais argumentos apresentados nos ditos debates apontando sua pertinência e as suas falhas. O terceiro objetivo é ressaltar um ponto de considerável importância para ambos os debates que não recebeu a devida atenção por parte dos comentadores. Sendo impossível alcançar uma resposta definitiva a respeito das duas questões no espaço que temos aqui, o último objetivo do presente artigo é indicar um possível caminho para futuras investigações.
PhilPapers/Archive ID
NASLFA-2
Revision history
Archival date: 2019-06-11
View upload history
References found in this work BETA

No references found.

Add more references

Citations of this work BETA

No citations found.

Add more citations

Added to PP index
2018-11-01

Total views
16 ( #38,701 of 40,135 )

Recent downloads (6 months)
16 ( #26,899 of 40,135 )

How can I increase my downloads?

Downloads since first upload

Sorry, there are not enough data points to plot this chart.