A suposta indexicalidade dos designadores de espécies naturais segundo Burge

Download Edit this record How to cite View on PhilPapers
Abstract
Nos anos 1970s, Hilary Putnam defendeu a tese que designadores de espécies naturais, como “água”, “tigre” e “ouro”, são termos indexicais que mudam de significado a cada contexto. No entanto, Tyler Burge rejeitou essa tese, e Putnam veio a adotar a posição de Burge. A rejeição de Burge está apoiada na distinção entre crenças de dicto e crenças de re. Nesse artigo veremos os pontos de contato entre as posições de Putnam e Burge, a posição de Putnam nos anos 1970s, os principais argumentos de Burge contra a tese da indexicalidade dos designadores de espécies naturais e a diferença entre crenças de dicto e crenças de re
Reprint years
2009
PhilPapers/Archive ID
SANASI-2
Upload history
Archival date: 2015-11-21
View other versions
Added to PP index
2013-12-01

Total views
156 ( #36,417 of 64,082 )

Recent downloads (6 months)
6 ( #56,425 of 64,082 )

How can I increase my downloads?

Downloads since first upload
This graph includes both downloads from PhilArchive and clicks on external links on PhilPapers.