7 found
Order:
  1. Epistemologia e Currículo: registro do II Workshop de Filosofia e Ensino da UFRGS.Gisele Dalva Secco, Ronai Pires da Rocha, Daniel Simão Nascimento, Nastassja Pugliese, Frank Thoma Sautter, Marta Vitória de Alencar & Renato Matoso Brandão - 2015 - Porto Alegre, RS, Brasil: Federal University of Rio Grande do Sul.
    O livro reúne textos apresentados no II Workshop de Filosofia e Ensino, realizado na UFRGS em 2015, com a temática "Epistemologia e Currículo" -/- .
    Download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  2.  3
    Aristotle on the Normative Value of Friendship Duties.Daniel Simão Nascimento - 2018 - Revista Latinoamericana de Filosofia 2 (44):201-224.
    In this article, I present an interpretation of Aristotle’s thought regarding the normative value of friendship duties.The argument is divided in VII sections. In Section I, I provide brief summaries of the main arguments defended by me in a previous article about the normative consequences of virtue and utility friendships in Aristotle, the objectives that are to be defended in this article and of the conclusions that I take them to support. In section II, I offer an interpretation of Aristotle’s (...)
    Download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  3.  3
    Faces of Irrationality in Euripides: On Medea's Irrationality.Daniel Simão Nascimento - 2018 - O Que Nos Faz Pensar 43 (27):237-272.
    In Nascimento (2015) I criticized the thesis defended in Irwin (1983) according to which two of the most famous characters in Euripides’ plays, Phaedra and Medea, could be said to exemplify akratic behavior and, in the case of Phaedra, even to explain it. In that article, I’ve pointed out several weakness in these thesis in order to justify my disagreement. I also suggested that, although there was no reason why we should stop looking for examples and explanations of akratic behavior (...)
    Download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  4.  15
    Lei, amizade e participação política em Aristóteles após o biological turn: Reflexões preliminares sobre um novo paradigma hermenêutico.Daniel Simão Nascimento - 2015 - Archai: Revista de Estudos Sobre as Origens Do Pensamento Ocidental 15:59-70.
    Este artigo tem quatro objetivos. O primeiro deles é mostrar que dois debates contemporâneos de grande importância para a filosofia política aristotélica – a saber, o debate acerca do laço que liga ou deve ligar os cidadãos de uma comunidade política e o debate acerca da importância da participação política no que diz respeito ao alcance da felicidade – devem ser compreendidos em conjunto com o mo- vimento hermenêutico que chamamos hoje de biological turn. Como veremos, a maneira como respondemos (...)
    Download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  5.  2
    Constrangimento e ignorância da teoria aristotélica do ato voluntário.Daniel Simão Nascimento - 2017 - Hypnos. Revista Do Centro de Estudos da Antiguidade 1 (38):33-55.
    Neste artigo é apresentada uma interpretação dos critérios propostos por Aristóteles para separar as ações voluntárias das demais ações, assim como do tratamento aristotélico das ações mistas, das não-voluntárias e das reações morais que lhes são devidas. A interpretação defendida se concentra na Ética Nicomaquéia (EN) e faz uso da Ética Eudêmia (EE) apenas ocasionalmente. Só podemos afirmar que agimos de forma involuntária ou não-voluntária quando somos constrangidos a sofrer uma determinada ação ou quando realizamos algo por acidente.
    Download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  6.  3
    Entre a família e a comunidade política: amizade, justiça e conflito prático em Aristóteles.Daniel Simão Nascimento - 2016 - Hypnos. Revista Do Centro de Estudos da Antiguidade 2 (37):268-284.
    O artigo tem por objetivo mostrar que, ao contrário do que muitos parecem ainda acreditar, a filosofia aristotélica reconhece a possibilidade de um conflito prático genuíno entre a busca do bem individual e a busca do bem da comunidade política por parte de um mesmo indivíduo. As conclusões alcançadas são puramente negativas. Este artigo terá cumprido o seu objetivo se contribuir para despertar no leitor o reconhecimento do problema e da necessidade de investigações ulteriores.
    Download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  7.  2
    Akrasia e irracionalidade em Eurípides.Daniel Simão Nascimento - 2015 - Hypnos. Revista Do Centro de Estudos da Antiguidade 2 (35):264-284.
    O principal objetivo deste artigo é criticar a leitura de duas peças de Eurípides, Hipólito e Medéia, que nos é oferecida por Terence Irwin, no artigo intitulado “Euripides and Socrates”, de 1983. No final, aponto para a necessidade de um estudo cuidadoso das diferentes formas de irracionalidade encenadas na obra de Eurípides.
    Download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark