Order:
  1.  71
    The Concept of Color as a Grammar Problem in Wittgenstein's Perspective of Language.Luca Nogueira Igansi - 2019 - Revista PHILIA | Filosofia, Literatura and Arte 1 (1):121-139.
    This essay aims to provide conceptual tools for the understanding of Wittgenstein’s theory of color as a grammar problem instead of a phenomenological or purely scientific one. From an introduction of his understanding of meaning in his early and late life, his notion of grammar will be analyzed to understand his rebuttal of scientific and phenomenological discourse as a proper means for dealing with the problem of color through his critique of Goethe. Then Wittgenstein’s take on color will become clear (...)
    Download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark   1 citation  
  2. Objetividade Ética e a Morte da Ontologia em Putnam.Luca Nogueira Igansi - 2020 - Cognitio 21 (2):246-259.
    Rastrearemos a refutação da necessidade de fundamentos ontológicos para teorias éticas de Putnam analisando sua trajetória por autores como Quine, Moore e Wittgenstein. Partiremos do naturalismo epistemológico de Quine para estabelecer sua base coerentista pragmática. Então, investigaremos seu distanciamento da ontologia conforme sua perspectiva wittgensteiniana do conceitualismo mooreano e platônico. Caracterizando Heidegger como alvo primário de sua crítica a uma necessidade de ontologia, afasta-se mesmo de Quine ao abraçar uma relatividade conceitual inspirada na mereologia e em jogos de linguagem para (...)
    Download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  3.  26
    Entre a normatividade e a descrição: uma discussão sobre naturalismo e não-naturalismo em metaética.Matheus de Mesquita Silveira & Luca Nogueira Igansi - 2020 - Dissertatio 51:103-131.
    Este artigo visa compreender o estado da arte do naturalismo contemporâneo a partir da discussão com posições não naturalistas, em especial as de Moore e Rawls. Parte-se da análise do argumento central destas abordagens no contexto formal da metaética contemporânea, buscando aferir a validade da falácia naturalista no contexto atual, bem como de seus limites na aplicação contra o naturalismo moral. Apresenta-se a discussão entre o naturalismo e o não-naturalismo moral como, respectivamente, estandartes das perspectivas descritivas e prescritivas da moralidade. (...)
    Download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark