Os a priori da Psicologia em História da Loucura

Acheronta 22:282-290 (2005)
  Copy   BIBTEX

Abstract

O artigo busca trabalhar um aspecto pouco explorado da argumentação de "História da Loucura": a questão, brevemente enunciada por Foucault, de um "a priori concreto" das ciências "psi". Nisso, serão trabalhadas duas questões principais, a saber: a do estatuto do conhecimento sobre as doenças mentais como tributário de uma demanda moral (não científica), e a do estatuto do médico como "cientista" da loucura. Dentro desses dois âmbitos críticos, o Foucault que escreve seu primeiro grande livro não poupa nem mesmo o lugar do psicanalista.

Author's Profile

Marcio Miotto
Universidade Federal Fluminense

Analytics

Added to PP
2016-10-28

Downloads
126 (#53,135)

6 months
19 (#52,523)

Historical graph of downloads since first upload
This graph includes both downloads from PhilArchive and clicks on external links on PhilPapers.
How can I increase my downloads?