O conhecimento científico nos Segundos Analíticos de Aristóteles : causa e necessidade na demonstração

Dissertation, University of Campinas (UNICAMP) (2011)
Download Edit this record How to cite View on PhilPapers
Abstract
De acordo com Aristóteles, conhecemos algo cientificamente quando apreendemos a causa pela qual essa coisa é e apreendemos, também, certa relação necessária entre aquilo que pretendemos conhecer e o que descobrimos ser a causa adequada que explica por que tal fato é o caso. Além disso, o filósofo identifica o conhecimento científico com a posse de um silogismo científico ou demonstração. Neste trabalho, analisamos a relação entre a teoria demonstrativa que Aristóteles desenvolve, principalmente, no livro I dos Segundos Analíticos e sua teoria silogística dos Primeiros Analíticos I e tentamos responder por que o conhecimento científico deve ser via silogismo. Também procuramos explicitar como as noções de causa e de necessidade, pelas quais Aristóteles define o conhecimento científico, são contempladas pela exigência de que as proposições de uma demonstração sejam per se. Finalmente, discutiremos como essas noções de per se, necessidade e causa se encaixam na estrutura silogística, uma vez que conhecer algo cientificamente é possuir um silogismo científico.
Keywords
No keywords specified (fix it)
PhilPapers/Archive ID
RIBOCC
Upload history
Archival date: 2016-06-12
View other versions
Added to PP index
2016-06-12

Total views
117 ( #32,392 of 52,683 )

Recent downloads (6 months)
12 ( #39,609 of 52,683 )

How can I increase my downloads?

Downloads since first upload
This graph includes both downloads from PhilArchive and clicks on external links on PhilPapers.