O FANTASMA DE SALÒ: Pulsão midiática no último filme de Pier Paolo Pasolini

Passagens 7 (3) (2016)
Download Edit this record How to cite View on PhilPapers
Abstract
O presente artigo deseja entender como a lógica diegética de Salò, último filme de Pier Paolo Pasolini, engendra um fascismo pulsional. Isso é demonstrado a partir da lógica lacaniana do desejo centrado na figura conceitual do fantasma. Com a leitura sexual do conceito feita por Contardo Calligaris, o artigo mostra que o fascismo que Pasolini critica não precisa ser apenas o político, mas também pode ser posto em uma situação econômica tal como aquela que o capitalismo midiatizado coloca em movimento.
Keywords
No keywords specified (fix it)
Categories
(categorize this paper)
PhilPapers/Archive ID
VENOFD
Revision history
Archival date: 2016-12-21
View upload history
References found in this work BETA

No references found.

Add more references

Citations of this work BETA

No citations found.

Add more citations

Added to PP index
2016-12-21

Total views
90 ( #26,577 of 41,550 )

Recent downloads (6 months)
34 ( #18,207 of 41,550 )

How can I increase my downloads?

Downloads since first upload
This graph includes both downloads from PhilArchive and clicks to external links.