Switch to: References

Add citations

You must login to add citations.
  1. A demonstração elêntica em Aristóteles.Thiago Silva Freitas Oliveira - 2017 - Prometeus: Filosofia em Revista 10 (23):193-214.
    O presente trabalho constitui-se de uma breve análise dos trechos que vão de 1005b 35 à 1006a 27 do capítulo quatro do livro Gama da Metafísica de Aristóteles e pretende fornecer uma leitura alternativa àquela feita pela tradição acerca da defesa do princípio de não-contradição elaborada nesse texto por Aristóteles. Com a ideia de um roteiro refutativo, pretendemos mostrar que argumentação em defesa do princípio encontra seu sucesso no seguimento desse roteiro provando, via demonstração elêntica, a validade e universalidade deste.
    Download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  • A Noção de Um e a Aporia 11 na Metafísica de Aristóteles.Wellington Damasceno de Almeida - 2013 - Dissertation, University of Campinas
    The Eleventh Aporia results from the breakup of the entire Greek philosophy previous to Aristotle in two manners of conceiving and proposing the first principles (archai), specially the One (to hen): (i) the manner by which Physiologoi conceived the One as a principle, namely, assuming an underlying nature, different from the One in itself, not adequately characterized by the simple fact of being one and which is denoted by the concept of One, and (ii) the manner inaugurated by the Pythagoreans (...)
    Download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  • O Problema da Apreensão dos Princípios no Livro II dos Segundos Analíticos de Aristóteles.Carlos Alexandre Terra - 2006 - Dissertation, University of Campinas
    Our purpose is to study Aristotle?s solution, in the second book of the Posterior Analytics, for the problem of the apprehension of the principles of science. We attend to the relations between the concepts of induction (epagoge) and intelligence (nous) found in the chapter 19, which seems to confirm that the acquisition of the principles is reached by a process of empirical observation. We examine the method, proposed in chapters 13 to 17, for the right formulation of definitions, which seems (...)
    Download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark   1 citation  
  • METAFÍSICA X (Iota) 2: SOBRE A DÉCIMA PRIMEIRA APORIA.Wellington Damasceno de Almeida - 2011 - Dissertation, University of Campinas
    In the following pages, the reader will find a detailed study of what Aristotle considered the most difficult aporia formulated in Metaphysics III (Beta), which is answered in chapter 2 of Book X (Iota): the Eleventh Aporia. In such aporia, Aristotle rivals: (i) the conception assumed by the ancient Physiologoi, which takes the One to be an underlying nature whose being is not exhausted by being One, and (ii) the Platonic-Pythagorean view, which prefers to conceive the One in itself, according (...)
    Download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  • Significação e Linguagem no Livro Gamma da Metafísica de Aristóteles.Thiago Silva Freitas Oliveira - 2009 - Dissertation, University of Campinas
    Download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  • O Problema do Bom em Geral para Aristóteles.Hugo Bezerra Tiburtino - 2009 - Dissertation, USP, Brazil
    Download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  • ASPECTOS FORMAIS E ONTOLÓGICOS DA FILOSOFIA DA CIÊNCIA DE ARISTÓTELES.Breno Andrade Zuppolini - 2014 - Dissertation, University of Campinas
    Aristotle's theory of demonstration, developed in the Posterior Analytics, is not restricted to determining the formal requirements for formulating probative arguments that establish properly the results of scientific investigation. To the probative aspect of demonstration it shall be added its primarily explanatory character, orientated by theses of strong ontological and metaphysical content and involving notions like substance, essence and causation. We shall analyze the relation between those two ranges of Aristotle's philosophy of science and investigate how the formal features of (...)
    Download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark   2 citations  
  • Forma Lógica das Proposições Científicas e Ontologia da Predicação: um dilema na filosofia da ciência de Aristóteles.Breno Zuppolini - 2013 - XI Semana Acadêmica Do PPG Em Filosofia da PUCRS:1-15.
    In the Posterior Analytics, Aristotle imposes some requirements on scientific propositions: (i) they must be susceptible of syllogistic articulation, (ii) they must have universal terms as subjects of predication and (iii) their subjects must be primary, i.e. they cannot “be said of a distinct underlying subject”. However, it is problematic to meet those three requirements together. If associated with the theory of predication in Categories, the requirement (iii) shall prescribe names or descriptions of individuals within the category of substance as (...)
    Download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  • O Princípio de Verdade (Ensaio de Reconstrução Filosófica da Teoria Aristotélica da Verdade).Nazareno Eduardo de Almeida - 2005 - Dissertation, Pontificia Universidade Católica de Porto Alegre (PUCRS), Brazil
    A tese central deste trabalho consiste em reconstruir em bases filosóficas as linhas gerais da teoria aristotélica da verdade mostrando, a partir da análise do Livro IV da Metafísica, que esta teoria está fundada naquilo que é chamado nesta investigação de princípio transcendental de verdade, o qual é constituído pela bi- implicação modal dos princípios de não-contradição, do terceiro excluído e de identidade.
    Download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  • Introdução às noções de essência, necessidade e predicação em Aristóteles.Thiago Silva Freitas Oliveira - 2018 - Argumentos 10 (20):50-63.
    Download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  • Intellectus Fabrica.Cristiano Novaes de Rezende - 2009 - Dissertation, Universidade de São Paulo
    Download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  • Matéria e percepção em Metaph. Z e H.Cláudio William Veloso - 2001 - Discurso 32:141-160.
    O presente trabalho trata da definição de fenômenos naturais. tais como o trovão que é usada como paradigma na definição das substâncias perceptíveis em Metafísica, Z17. Procura-se mostrar como a definição do trovão implica necessariamente uma referência à substância, assim como a definição das substâncias perceptíveis parte necessariamente de um acidente, que justamente funciona como matéria. Entende-se assim trazer à tona algumas questões embaraçosas para Aristóteles, que dizem respeito ao “hiato” existente entre percepção e intelecção e ao caráter não assertivo (...)
    Download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  • A causalidade acidental na perspectiva da φυσικὴ ἐπιστήμη de Aristóteles.Luciana Rohden da Silva - 2005 - Dissertation, Pontificia Universidade Católica de Porto Alegre (PUCRS), Brazil
    A presente dissertação se propõe analisar, a partir do pensamento aristotélico, a noção de causalidade acidental no tocante a sua fusikh; ejpisthvmh. Aristóteles, buscando encontrar as causas que explicam o vir-a-ser dos seres por natureza, se deparou com os acidentes e, não podendo deixar nenhum evento sem causa, postulou a existência de causas acidentais. Apesar de o acidente não ser objeto de ciência, a possibilidade de seu vir a ser salvaguarda o mundo da fuvsi" de um determinismo causal absoluto: eis (...)
    Download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  • Fixismo e evolução : epistemologia da biologia.Ana Cecília Correia Lima Tripicchio - 2005 - Dissertation, University of Campinas
    http://www.bibliotecadigital.unicamp.br/document/?code=vtls000363614.
    Download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark