O livre-arbítrio e outras questões incômodas ao fisicalismo

Tábano 12 (1):61-70 (2016)
Download Edit this record How to cite View on PhilPapers
Abstract
Este artigo pretende caracterizar de forma geral os posicionamentos fisicalistas na filosofia da mente e indicar como a questão do livre-arbítrio surge e pode ser crucial para tal corrente de pensamento. Primeiramente pretende mostrar a diferença entre a posição reducionista e a não-reducionista e depois salientar suas potencialidades e dificuldades na abordagem da questão do livre-arbítrio. Enfim, mesmo que a questão ainda fique em aberto, verificar-se-á que o livre-arbítrio parece não encontrar espaço no cenário apresentado pelas correntes fisicalistas.
PhilPapers/Archive ID
NUNOLE
Upload history
Archival date: 2018-03-11
View other versions
Added to PP index
2018-03-11

Total views
171 ( #26,430 of 53,671 )

Recent downloads (6 months)
37 ( #18,209 of 53,671 )

How can I increase my downloads?

Downloads since first upload
This graph includes both downloads from PhilArchive and clicks on external links on PhilPapers.