Peirce entre Frege e Boole: sobre a busca de diálogos possíveis com Wittgenstein

Estudos Semioticos (USP) 8 (2):99-108 (2012)
Download Edit this record How to cite View on PhilPapers
Abstract
O presente artigo busca debater a posição de Charles Sanders Peirce e dos primeiros estudantes peirceanos de Lógica (Christine Ladd e O. H. Mitchell nos Studies in Logic, 1883) dentro do debate inspirador da visão da linguagem dentro da Filosofia Analítica, conhecido como “Lingua Universalis contra Calculus Ratiocinator”, cujos primórdios podem ser traçados desde a filosofia de Gottfried Leibniz. Para isso, comparamos esse campo do pensamento peirceano com o debate crucial entre a conceitografia de Gottlob Frege (Begriffsschrift, 1879) e a lógica algébrica de George Boole (An investigation of the Laws of Thought on which are founded the mathematical theories of Logic and Probabilities, 1854). O nosso objetivo principal é observar que esse momento da filosofia peirceana pode ser comparado com o pensamento wittgensteiniano, especialmente em sua nova vertente, chamada New Wittgenstein, que tenta superar a tradicional divisão entre Tractatus Logico-Philosophicus e Investigações Filosóficas. Pela comparação entre pensadores influenciados por C. S. Peirce e a filosofia de Ludwig Wittgenstein, pretendemos abrir caminhos na compreensão do conceito de jogo de linguagem, especialmente em sua gramática e em seus operadores simbólicos, através da observação das funções de verdade [truth functions] e as tabelas de verdade [truth tables] enquanto lógica algébrica.
Keywords
PhilPapers/Archive ID
VENPEF
Upload history
Archival date: 2016-10-14
View other versions
Added to PP index
2016-10-14

Total views
120 ( #34,850 of 55,919 )

Recent downloads (6 months)
23 ( #31,929 of 55,919 )

How can I increase my downloads?

Downloads since first upload
This graph includes both downloads from PhilArchive and clicks on external links on PhilPapers.