Results for 'Deus'

100 found
Order:
  1.  37
    A tortura do olhar no inferno de Sartre: a função do outro na peça Huis Clos.Flávio Rocha de Deus - 2024 - Palimpsesto 23 (45).
    Na peça Huis Clos (Entre quatro paredes), acompanhamos três personagens: Garcin, Inès e Estelle, que são trancados juntos em uma sala após suas mortes. À espera de enxofre, fogo e tortura física no além-vida, surpreendem-se ao notar que o suposto inferno é, na verdade, a simples convivência constante com o outro. Neste cenário, por meio de uma análise das características desse inferno criado por Sartre, buscamos entender questões caras para a filosofia do autor, em especial, o papel do olhar enquanto (...)
    Download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  2. The concept of aporophobia by Adela Cortina: reflections on the systemic aversion towards the poor and poverty.Flávio Rocha de Deus - 2021 - Anãnsi: Revista de Filosofia 2 (1):123-136.
    In 2017, the neologism “Aporophobia”, developed by the Spanish philosopher Adela Cortina, professor of Moral Philosophy at the University of Valencia, was elected as the word of the year. Such a concept was developed by Cortina in order to highlight what she calls a systemic rejection towards poverty and people without resources. Our goal in this paper is to explain the concept of aporophobia and the argumentative premises used by the philosopher to validate it, as well as to use contemporary (...)
    Download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  3. Nietzsche, Nêgo Bispo and contempt for the real (Body/Nature) in christian cosmology.Flávio Rocha de Deus - 2021 - Pólemos 10 (21):387-399.
    In this essay are discussed topics for formulation of a brief critique of two conceptions of Euro-Christian cosmology: the negation of the body and the transcendent deity inaccessible to pointout the relation of such points to a more central discourse of religion: the negation of this world infavor of a metaphysical reality unknown and inaccessible by the senses. Nietzsche and Antonio Bispo dos Santos (Nêgo Bispo) assist us in the reflection of such theme, the German philosopher provideshis considerations about the (...)
    Download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  4. Cioran and the postmodernity: a critic of the metanarratives (PT-BR).Flávio R. Deus - 2019 - Revista Lampejo.
    Despite the diversity of perceptions of what postmodernity is, there is a point of convergence between a significant part of the scholars of the theme, which is characterizing this period as a period of bankruptcy and disbelief in totalizing ideas. Through the eyes of Emil Cioran, we see the great ideologies and metanarratives as desired eschatologies, defined by the author as utopias, in which, not only is a possibility of a rationalized end composed, but also an adequate form of end. (...)
    Download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  5. PRESENÇA DE AGOSTINHO NA TESE DE TOMÁS DE AQUINO SOBRE O CONHECIMENTO HUMANO: A PRIMEIRA PARTE DA SUMA DE TEOLOGIA.André de Deus Berger - 2012 - Dissertation, Ufscar, Brazil
    Download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  6. Presença de Agostinho na test de Tomás de Aquino sobre o Conhecimento Humano: A Primeira parte da Suma de Teologia.André de Deus Berger - 2012 - Dissertation, Ufscar, Brazil
    Download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  7. ““Deus sive Vernunft: Schelling’s Transformation of Spinoza’s God”.Yitzhak Melamed - 2020 - In G. Anthony Bruno (ed.), Schelling’s Philosophy: Freedom, Nature, and Systematicity. Oxford University Press. pp. 93-115.
    On 6 January 1795, the twenty-year-old Schelling—still a student at the Tübinger Stift—wrote to his friend and former roommate, Hegel: “Now I am working on an Ethics à la Spinoza. It is designed to establish the highest principles of all philosophy, in which theoretical and practical reason are united”. A month later, he announced in another letter to Hegel: “I have become a Spinozist! Don’t be astonished. You will soon hear how”. At this period in his philosophical development, Schelling had (...)
    Download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark   3 citations  
  8. Deus Ex Machina: A Cautionary Tale for Naturalists.Cailin O'Connor, Nathan Fulton, Elliott Wagner & P. Kyle Stanford - 2012 - Analyse & Kritik 34 (1):51-62.
    In this paper we critically examine and seek to extend Philip Kitcher’s Ethical Project to weave together a distinctive naturalistic conception of how ethics came to occupy the place it does in our lives and how the existing ethical project should be revised and extended into the future. Although we endorse his insight that ethical progress is better conceived of as the improvement of an existing state than an incremental approach towards a fixed endpoint, we nonetheless go on to argue (...)
    Download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  9. Deus está sonhando você”: Narrativa como Imitatio Dei em Miguel de Unamuno.Costica Bradatan & Jaimir Conte - 2008 - Princípios 15 (24):249-265.
    Traduçáo do artigo "'God is dreaming you': Narrative as Imitatio Dei in Miguel de Unamuno," artigo publicado originalmente Janus Head –Interdisciplinary Studies in Continental Philosophy, Literature, and the Arts , Volume 7, Issue 2.
    Download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  10.  52
    Se não há Deus, tudo é permitido? Entre Dostoiévski e Immanuel Kant.Guilherme Felipe Carvalho & Antônio Salomão Neto - 2023 - Problemata Revista Internacional de Filosofia 14 (1):137-148.
    O presente artigo pretende explorar a máxima contida em Os irmãos Karamázov (se não há Deus, tudo é permitido?) à luz do pensamento de Immanuel Kant. Para tanto, se vale do pensamento de Dostoiévski apenas na medida em que ele serve como auxílio na apresentação da ideia de Deus e de sua relação com a posição do ateu. Tendo em vista a filosofia kantiana, buscamos não apenas a apresentação dessa ideia, mas também sua relação com o ato moral (...)
    Download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  11. Influenze agostiniane nel «si Deus ipse non esset» di Gregorio da Rimini.Onorato Grassi - 2016 - In Fabrizio Amerini & Stefano Caroti (eds.), Ipsum verum non videbis nisi in philosophiam totus intraveris. Studi in onore di Franco De Capitani. Parma: E-theca OnLineOpenAccess Edizioni. pp. 375-407.
    Among the medieval sources cited in early-modern philosophical and religious works, Gregory of Rimini (c. 1300–1358) appears more than once as the authoritative progenitor of doctrines that have consolidated over time. This can be said of the ‘etiamsi Deus non daretur’ argument, used, among others, by Hugo Grotius and Francisco Suárez, of which in this article we intend to verify the correctness of attribution to Gregory and the relevance of the connection with his ‘si Deus ipse non esset’. (...)
    Download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  12.  42
    Como os deuses chegaram até nós: por outras historiografias, sociologias, filosofias e antropologias - Magia, Rituais, Mitos, Religião e Capitalismo: consonâncias, dissonâncias e relações com a Morte, um Ensaio.Marcelo Barboza Duarte - 2024 - ISBN 9786501020341.
    Título: Como os deuses chegaram até nós: por outras historiografias, sociologias, filosofias e antropologias Tema: Magia, Rituais, Mitos, Religião e Capitalismo: consonâncias, dissonâncias e relações com a Morte, um Ensaio. \ . \ -/- Protágoras de Abdera, nos diz que: “O homem é a medida de todas as coisas, das coisas que são, enquanto são, das coisas que não são, enquanto não são.” A isso Protágoras se referia sobre o homem como centro das coisas que vê, sente, percebe, reflete e (...)
    Download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  13. Deus e a Felicidade Em Epicuro.Adriano da Silva Carvalho - 2019 - Vox Scripturae 27 (2):275-290.
    This article aims to understand the meaning of the phrase: “Θεοὶ μὲν γὰρ εἰσίν” - “Surely the gods exist” in the context of the so-called letter about the happiness of Epicurus. And to this purpose, it will question the relationship of this enunciate with the program of the “Blessed life” of the philosopher of Samos. Epicuro was presenting his declaration of faith: Θεοὶ εἰσίν? Probably not. But it is true that he used theological language when he presented his plan of (...)
    Download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  14. The Grotius Sanction: Deus Ex Machina. The legal, ethical, and strategic use of drones in transnational armed conflict and counterterrorism.James Welch - 2019 - Dissertation, Leiden University
    The dissertation deals with the questions surrounding the legal, ethical and strategic aspects of armed drones in warfare. This is a vast and complex field, however, one where there remains more conflict and debate than actual consensus. -/- One of the many themes addressed during the course of this research was an examination of the evolution of modern asymmetric transnational armed conflict. It is the opinion of the author that this phenomenon represents a “grey-zone”; an entirely new paradigm of warfare. (...)
    Download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  15. Deus, Mente e Mundo: Sobre os conceitos de Complicatio, Imago e Explicatio em Nicolau de Cusa.Osvaldo Ferreira De Andrade Filho - 2013 - Dissertation, Ufrn, Brazil
    Download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  16. Do comissariado de Deus à vontade do princeps': lei, autoridade e soberania no pensamento político medieval tardio.Raquel Kritsch - 2008 - Dois Pontos 5 (2).
    Os problemas da lei e da autoridade marcaram fortemente o pensamento políticomedieval ocidental, e em especial o desenvolvimento da noção de soberania, ponto deconvergência dos grandes conflitos de jurisdição no período. O debate acerca dadistribuição das jurisdições constituiu um dos momentos importantes para a construção damoderna idéia de soberania. Na medida em que se tomava a lei como dada, o sentido daautoridade tinha necessariamente de ser vinculado à idéia de comissão: a autoridade eraum atributo daquele que podia fazer cumprir a (...)
    Download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  17. Alma, Mundo, Deus: A Metafísica Fenomenologicamente Reduzida.Marcelo Fabri - 2019 - Basilíade - Revista de Filosofia 1 (1):25-39.
    Sendo a fenomenologia um modo não-especulativo de pensar, o artigo põe a questão sobre a possibilidade de descrever a metafísica em regime de redução fenomenológica, ou seja, a partir de uma atitude que não pretende discursar sobre o ser enquanto ser, mas sim a partir dos diferentes “modos de aparecer” dos principais “objetos” da metafísica: alma, mundo e Deus. Neste caso, que sentido deverá possuir, para o modo fenomenológico de pensar, o metá, presente na palavra metafísica?
    Download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  18.  80
    O Deus de Maimônides e as Provas de Sua Existência, Unicidade e Incorporeidade no Guia Dos Perplexos.Alberto Diwan - 2023 - Dissertation, Catholic University of Sao Paulo
    Download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  19. God of Me (Deus de Mim).Mota Victor - manuscript
    God in me, God of Me, do I need a Lord, cannot be myself a Lord, a God?
    Download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  20. La "Antropología" de "Deus Caritas Est".Luis Santiago Lario Herrero & Santiago Lario Ladrón - 2007 - A Parte Rei 52:13.
    Download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  21. O Sentido da Vida e o Propósito de Deus.Sagid Salles - 2010 - Fundamento: Revista de Pesquisa Em Filosofia 1 (1): 84-110.
    Este artigo trata de três objeções à teoria do propósito. Essa teoria afirma que o único sentido que a nossa vida pode ter é satisfazer um propósito que Deus nos atribuiu. A primeira objeção que trabalharei afirma que seria incompatível com a bondade de Deus que Ele nos punisse por não cumprirmos o seu propósito. A segunda sugere que a oferta de um céu por cumprirmos o seu propósito seria ofensiva, poderia ser encarada como exploração. Por fim, a (...)
    Download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark   3 citations  
  22.  46
    A constituição das três gerações divinas na Teogonia de Hesíodo a partir da análise dos processos de geração, reprodução, incesto e parricídio entre os deuses.Gustavo Henrique de Freitas Coelho - 2017 - Primordium - Revista de Filosofia e Estudos Clássicos 2 (4):125-140.
    A partir da obra Teogonia, poema atribuído a Hesíodo, analisaremos neste artigo como os processos de geração e reprodução dos deuses, assim como os casos de incesto e parricídio entre eles, influenciaram a disputa pelo poder que instaurou três gerações divinas. Para tanto, após breve consideração a respeito da constituição da poesia mítica em Hesíodo, acompanharemos a narrativa principal do mito a partir da união amorosa entre as divindades Terra e Céu, e a subsequente sucessão no poder cósmico: Céu, Crono, (...)
    Download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  23. Da Morte de Deus à Morte do Homem.Vasco Moço Mano - manuscript
    Neste ensaio, debruçamo-nos sobre o movimento anti-humanista que, partindo da crítica de Nietzsche, atinge o seu zénite em Foucault. Depois de uma breve análise crítica às conceções que depositavam uma inabalável fé nas capacidades do Homem para entender, interpretar e recriar o mundo exterior, defenderemos como o ponto de vista estruturalista permite melhor iluminar a real posição do Homem no mundo e, adicionalmente, estabelecer um novo paradigma segundo o qual se possam abrir e prosseguir novos caminhos que conduzam à evolução (...)
    Download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  24. Teoria Clássica dos Conceitos e o Conceito de Deus (The Classical Theory of Concepts and the Concept of God).Ricardo Sousa Silvestre - 2021 - Filosofia Unisinos 2 (22):1-13.
    Ao mesmo tempo que o malogro da assim chamada teoria clássica dos conceitos - de acordo com a qual definições são a maneira apropriada de caracterizar conceitos - é um consenso, a filosofia metafísica da religião parece ainda lidar com o conceito de Deus de forma predominantemente definicional. Podemos então nos perguntar: Seria esse malogro suficiente para inviabilizar uma caracterização definicional do conceito de Deus? Meu propósito central neste artigo é responder essa pergunta. Adoto uma ênfase representacional. Em (...)
    Download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  25. O nascimento de Deus segundo Nietzsche (resumo).Rafaelo Schmitt Faccini - 2012 - Anais Do Seminário Dos Estudantes da Pós-Graduação Em Filosofia da UFSCar.
    Download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  26. Is God's Justice Unmerciful in Anselm's Cur Deus Homo?Gregory Sadler - 2015 - The Saint Anselm Journal 11 (1):1-13.
    Can God be entirely and supremely just and also entirely merciful, without these two characteristics ending up in contradiction with each other? Anselm of Canterbury considers this question in several places in his works and provides rational resolutions demonstrating the compatibility of divine justice and mercy. This paper considers Anselm's treatment of the problem in the Cur Deus Homo, noting distinctive features of his account, highlighting the seeming incompatibilities between mercy and justice, and setting out his resolution of the (...)
    Download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  27. Aspectos metafísicos na física de Newton: Deus.Bruno Camilo de Oliveira - 2011 - In Luiz Henrique de Araújo Dutra & Alexandre Meyer Luz (eds.), Coleção rumos da epistemologia. Florianópolis, SC, Brasil: NEL/UFSC. pp. 186-201.
    CAMILO, Bruno. Aspectos metafísicos na física de Newton: Deus. In: DUTRA, Luiz Henrique de Araújo; LUZ, Alexandre Meyer (org.). Temas de filosofia do conhecimento. Florianópolis: NEL/UFSC, 2011. p. 186-201. (Coleção rumos da epistemologia; 11). Através da análise do pensamento de Isaac Newton (1642-1727) encontramos os postulados metafísicos que fundamentam a sua mecânica natural. Ao deduzir causa de efeito, ele acreditava chegar a uma causa primeira de todas as coisas. A essa primeira causa de tudo, onde toda a ordem e (...)
    Download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  28. Conceptual knowledge: Grounded in sensorimotor states, or a disembodied deus ex machina?Ezequiel Morsella, Carlos Montemayor, Jason Hubbard & Pareezad Zarolia - 2010 - Behavioral and Brain Sciences 33 (6):455-456.
    If embodied models no longer address the symbol grounding problem and a conceptual system can step in and resolve categorizations when embodied simulations fail, then perhaps the next step in theory-building is to isolate the unique contributions of embodied simulation. What is a disembodied conceptual system incapable of doing with respect to semantic processing or the categorization of smiles?
    Download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  29. Amar a Deus e Amar a si: Imagens no Espelho da Experiência Mística em Marguerite Porete.Amanda Oliveira da Silva Pontes - 2016 - Dissertation, Ufpb, Brazil
    Download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  30. O nascimento de Deus segundo Nietzsche.Rafaelo Schmitt Faccini - 2012 - Dissertation, Unisinos, Brazil
    Download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  31. Para além da lei moral: morte de Deus e gratuidade de Feuerbach a Sartre.Paolo Stellino - 2017 - Revista Trágica: Estudos de Filosofia da Imanência 10 (1):60-72.
    O presente trabalho tem por objetivo mostrar o contexto filosófico e literário no qual evolui o seguinte problema: quais são as consequências da morte de Deus para a moral? Para responder a esta questão, focarei minha atenção sobre um período específico do pensamento ocidental, a saber, o que vai de Feuerbach (ou, da publicação da Crítica da razão pura de Kant em 1781) a Sartre e Camus, passando particularmente por Dostoievski e Nietzsche. Mais especificamente, analisarei a relação existente entre (...)
    Download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  32. Kant e a Defesa da Causa de Deus: algumas considerações acerca do opúsculo kantiano sobre a teodiceia.Bruno Cunha - 2018 - Ética E Filosofia Política 1 (21):5-21.
    The article On the Miscarriage of All Philosophical Trials in Theodicy was published in 1791 on the pages of the monthly periodical berlinische Monatsschrift. By itself, the title of the article already seems to us quite enlightening. What would it be but a criticism of every attempt to justify the God's cause? Nevertheless, there are evidences that there is much more at stake. Thus, the purpose of this paper is to raise the question about the true meaning of the Kant`s (...)
    Download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  33. Precisamos de evidências para acreditar racionalmente em Deus? Uma comparação entre Alvin Plantinga e Norman Geisler.Bruno Ribeiro Nascimento - 2019 - Summae Sapientiae 2 (1):294-321. Translated by Bruno Ribeiro Nascimento.
    O objetivo deste artigo é avaliar criticamente duas teses opostas sobre a epistemologia da crença religiosa: a primeira, defendida por Norman Geisler, afirma que a crença em Deus só pode ser racionalmente justificada ou garantida se houver argumentos ou evidências em favor da existência de Deus. A segunda tese, elaborada por Alvin Plantinga, sugere que a crença em Deus pode ser garantida, mesmo que o teísta não conheça qualquer evidência para a existência de Deus, mesmo que (...)
    Download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  34. Os Novos Caminhos Opostos da Utopia: O Homem Entre Deus e Animal.Emanuel Isaque Cordeiro da Silva - manuscript
    -/- OS NOVOS CAMINHOS OPOSTOS DA UTOPIA: O HOMEM ENTRE DEUS E ANIMAL -/- THE NEW OPPOSITE WAYS OF UTOPIA: THE MAN BETWEEN GOD AND ANIMAL -/- Por: Emanuel Isaque Cordeiro da Silva -/- Na Antiguidade, em particular em Aristóteles, os homens eram definidos por duas grandes oposições. Acima deles, havia os deuses; abaixo deles, havia os animais. O que os homens tinham em comum com um opunha-os ao outro; e o que os distinguia de um ligava-os ao outro. (...)
    Download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  35. Da justificação e a fé como evento escatológico enquanto obediência e decisão fundada no ato da Graça de Deus segundo a Teologia do apóstolo Paulo em Rudolf Bultmann.Luiz Carlos Mariano da Rosa - 2022 - Revista Cultura Teológica 30 (Especial - Mística, profecia e p):135-161.
    Baseado no pensamento teológico de Bultmann e na sua hermenêutica existencialista, o artigo se detém na justificação e na sua relação com a fé como evento escatológico enquanto obediência e decisão fundada no ato da graça de Deus segundo a teologia do Apóstolo Paulo. Dessa forma, o artigo assinala que, consistindo a justiça de Deus em uma possibilidade para os ouvintes da pregação diante do caráter absoluto do domínio exercido pelo poder do pecado em um processo que subjuga (...)
    Download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  36. TEMPO DA DECISÃO E CHAMADO À DECISÃO NA PREGAÇÃO ÉTICO-ESCATOLÓGICA DE JESUS CRISTO: DA PROCLAMAÇÃO DO REINO DE DEUS NA TEOLOGIA ESCATOLÓGICO-EXISTENCIAL DE BULTMANN.Luiz Carlos Mariano da Rosa - 2020 - Revista Último Andar, Cadernos de Pesquisa Em Ciência da Religião, PUC/SP - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo [São Paulo, Brasil] 23 (36): 160 - 189.
    Se a pregação de Jesus consiste no pressuposto da teologia neotestamentária, segundo o pensamento de Bultmann, a análise do seu conteúdo emerge como fundamental para a compreensão do querigma cristão e da construção literário-teológica da comunidade primitiva. Dessa forma, o artigo se detém na pregação ético-escatológica de Jesus, que anuncia o reino de Deus e o tempo da decisão e o chamado à decisão, que converge para a radicalidade e exige a obediência escatológica enquanto realização da vontade de (...). Assim, escapando à condição de um dever que converge para a formação do caráter e ao princípio de determinação da comunhão humana, o artigo assinala que é a exigência do amor que se impõe à pregação escatológica de Jesus e a sua pregação ética e ao conhecimento da vontade de Deus, que implica o dever-ser e o poder-fazer envolvendo o bem incondicional em uma construção teórico-conceitual e subjetivo-existencial que envolve a consciência da situação-limite da existência e a necessidade de uma decisão existencial. (shrink)
    Download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  37. O mal e as razões de Deus: O projeto de teodiceia e suas condições de adequação (Evill and the reasons of God: The theodicy project and its adequacy conditions).Ricardo Sousa Silvestre - 2012 - Filosofia Unisinos 13 (1):68-89.
    Our purpose in this paper is to contribute to the project of meta-theodicy, understood here as the elucidation of the concept of theodicy through the analysis of its adequacy. In our case, the analysis shall be made inside a framework including a taxonomical view of the theodical adequacy conditions which allows for a rigorously acceptable description of them as well as for a natural appraisal of the role, importance and intra-logical relations holding between them. The result of the analysis shall (...)
    Download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  38. A NIILIDADE E O ANONIMATO DE DEUS: O APOFATISMO DO MÍSTICO PSEUDO-DIONÍSIO, O AREOPAGITA.Lindomar Rocha Mota & Webert Cirilo Gonçalves - 2014 - Interações 9 (16):431-452.
    This article presented the apophatism of Pseudo-Dionysius the Areopagite, a mystical knowledge as refusing determine God as an objective concept and requires the abandonment of formulations that dare quit the Divine Mystery into categories. Therefore, it was necessary to discuss the principle, the difference between the apophaticism own ousia of Scholastic concludes that by reason of the impossibility of knowledge of the “substance” of the Absolute and the persona of the Areopagite concluded that, from personal a relationship and / existential (...)
    Download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  39. Credenciais epistêmicas da crença em Deus: uma comparação entre Alvin Plantinga e Richard Swinburne.Bruno Ribeiro Nascimento - 2022 - Dissertation, Universidade Federal Do Rio Grande Do Norte
    O objetivo central desta pesquisa é comparar as credenciais epistêmicas da crença em Deus na epistemologia religiosa de dois dos principais pensadores da filosofia analítica da religião contemporânea: Alvin Plantinga (1932- ) e Richard Swinburne (1934- ). Mais precisamente, busca-se investigar como a crença na existência de Deus pode obter status epistêmico positivo, ou seja, como pode ser intelectualmente justificada ou racional ou ainda avalizada, a partir de comparações, contrastes ou complementações que podem ser feitos entre as propostas (...)
    Download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  40. A racionalidade da crença na existência de Deus em Santo Agostinho.Thiago Jordão - 2019 - Revista Brasileira de Filosofia da Religião 1 (5):153-165.
    De libero arbitrio presents one of the first arguments of God’s existence developed by a Christian thinker. Using the hierarchy of beings, St. Augustine establishes Reason as an instrument for seeking a reality that is supreme: that which, finding nothing more excellent, Reason itself would not hesitate to call “God”. The present paper demonstrates how this argument is aligned with Augustinian axiom that the rational search already presupposes a fiduciary adhesion. If on the one hand it offers a substrate upon (...)
    Download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  41. O chamado à decisão entre o conhecimento da vontade de Deus e o arrependimento na teologia escatológico-existencial de Bultmann.Luiz Carlos Mariano da Rosa - 2020 - Caminhando 25 (3):161-184.
    Se a pregação de Jesus consiste no pressuposto da teologia neotestamentária, segundo o pensamento de Bultmann, a análise do seu conteúdo emerge como fundamental para a compreensão do querigma cristão e da construção literário-teológica da comunidade primitiva. Dessa forma, o artigo se detém na pregação ético-escatológica de Jesus, que anuncia o reino de Deus e o tempo da decisão e o chamado à decisão, que converge para a radicalidade e exige a obediência escatológica enquanto realização da vontade de (...). Assim, escapando à condição de um dever que converge para a formação do caráter e ao princípio de determinação da comunhão humana, o artigo assinala que é a exigência do amor que se impõe à pregação escatológica de Jesus e a sua pregação ética e ao conhecimento da vontade de Deus, que implica o dever-ser e o poder-fazer envolvendo o bem incondicional em uma construção teórico-conceitual e subjetivo-existencial que envolve a consciência da situação-limite da existência e a necessidade de uma decisão existencial. (shrink)
    Download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  42. A Relação entre as Hipóteses e o Papel de Deus na Doutrina Newtoniana.Diego Aurino da Silva & Luiz O. Q. Peduzzi - 2012 - Temas de História E Filosofia da Ciência No Ensino.
    Download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  43. O Final Cut de Hume Contra o Argumento do Desígnio - Hume’s Final Cut Against the Argument of Design.Marília Côrtes Ferraz - 2013 - Revista Natureza Humana 15:133-166.
    Com base na crítica que Hume faz ao argumento do desígnio, especialmente nas partes 10 e 11 dos Diálogos sobre a Religião Natural, meu objetivo neste artigo é, a partir de uma análise da relação entre a existência do mal no mundo e a suposta existência de uma divindade possuidora dos atributos tradicionais do teísmo, defender a tese segundo a qual o tratamento que Hume dá ao problema do mal corresponde, digamos assim, à cartada final – o último e decisivo (...)
    Download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  44. A ONTOLOGIA DO TEMPO NO PENSAMENTO DE AGOSTINHO DE HIPONA.Vigevando A. De Sousa - 2019 - Polymatheia Revista de Filosofia.
    Neste trabalho, abordamos a concepção de tempo em Agostinho. Tal concepção, encontra-se fundamentada em sua obra: Confissões, livro XI. O desafio principal do bispo de Hipona é a busca de uma solução para o problema deixado pelos maniqueus, que é a respeito da ocupação de Deus antes de criar o céu e a terra. Por isso, o filósofo, de uma maneira muito especial, fala do tempo estabelecendo novas terminologias importantes para a compreensão dele. O objetivo dessa pesquisa é chegar (...)
    Download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  45. Argumento Cético contra os Argumentos Ontológicos.Sagid Salles - 2010 - Investigação Filosófica 1 (1):1-21.
    Meu objetivo neste texto é apresentar uma resposta cética ao argumento ontológico tal como aparece em algumas de suas principais variações. O que todas essas variações têm em comum é tentar provar a existência de Deus a priori. Sustentarei que o sucesso de qualquer argumento desse tipo depende de dois pressupostos fundamentais, o primeiro é que existência é uma propriedade e o segundo que é uma perfeição. Mesmo aceitando que existência seja uma propriedade, recusarei que possamos saber se ela (...)
    Download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  46. Arquétipos Morais: ética na pré-história.Roberto Thomas Arruda (ed.) - 2020 - Terrra à Vista.
    A tradição filosófica das abordagens da moral tem predominantemente como base conceitos e teorias metafísicas e teológicas. Entre os conceitos tradicionais de ética, o mais proeminente é a Teoria do Comando Divino (TCD). De acordo com a TCD, Deus dá fundamentos morais à humanidade desde sua criação e por meio de revelações. Assim, moralidade e divindade seriam inseparáveis desde a civilização mais remota. Esses conceitos submergem em uma estrutura teológica e são principalmente aceitos pela maioria dos seguidores das três (...)
    Download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  47. Dos Problemas Filosóficos e suas Características.Emanuel Isaque Cordeiro da Silva - manuscript
    -/- DOS PROBLEMAS FILOSÓFICOS E SUAS CARACTERÍSTICAS -/- OF PHILOSOPHICAL PROBLEMS AND THEIR CHARACTERISTICS -/- Emanuel Isaque Cordeiro da Silva -/- l. A TENDÊNCIA FILOSÓFICA - A Filosofia surgiu graças à curiosidade humana. Os primeiros filósofos buscavam encontrar as respostas para perguntas perturbadoras sobre a verdade, o ser, a existência autêntica, o absoluto, a transcendência do espírito, a ideia de bem e mal, além de compreender esse mundo binário (o dilema: bem e mal) que tanto inquieta a humanidade desde seus (...)
    Download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  48. Съдбата на битието (Синоптичен поглед към четири текста от Хайдегер).Vasil Penchev - 2005 - Философия 14 (3):23-30.
    "Въпросът, дали и как, и в какви граници е възможно твърдението "Бог е" като абсолютно поставяне, сега обаче става и остава за Кант тайната поgбуда, която подкарва цялото мислене на "Критика на чистия разум" и задвижва последващите главни работи" (Мартин Хайдегер). "Религиозният и философският абсолют, Deus и Esse не могат ga не бьgат взаимосвързани. Каква е тази взаимовръзка от гледна точка на битието и познанието? В простото твърдение "Бог е", тази връзка се достига; но нейният характер и представлява истинският (...)
    Download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  49. L'épistémologie jungienne et le Livre Rouge.Donato Santarcangelo - manuscript
    “Vocatus atque non vocatus Deus aderit." (C.G. Jung) -/- Dans le Liber Novus, la résonance des champs archétypiques, qui se manifeste dans dans le primat de l'imago et de l'imaginal, explose dans toute sa « pathique » évidence. L'archétype jungien semble contenir en soi l'écho du telos omniprésent qui parcourt la coincidentia oppositorum. On est alors amené à penser à la conception de Nicola Cusano.
    Download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  50. Knowledge Beyond Reason in Spinoza’s Epistemology: Scientia Intuitiva and Amor Dei Intellectualis in Spinoza’s Epistemology.Anne Newstead - 2020 - Australasian Philosophical Review 4 (Revisiting Spinoza's Rationalism).
    Genevieve Lloyd’s Spinoza is quite a different thinker from the arch rationalist caricature of some undergraduate philosophy courses devoted to “The Continental Rationalists”. Lloyd’s Spinoza does not see reason as a complete source of knowledge, nor is deductive rational thought productive of the highest grade of knowledge. Instead, that honour goes to a third kind of knowledge—intuitive knowledge (scientia intuitiva), which provides an immediate, non-discursive knowledge of its singular object. To the embarrassment of some hard-nosed philosophers, intellectual intuition has an (...)
    Download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark   2 citations  
1 — 50 / 100