DO PROCESSO FORMATIVO-EDUCACIONAL ENQUANTO AFIRMAÇÃO DAS FORÇAS DA VIDA SEGUNDO NIETZSCHE E A CORRELAÇÃO ENVOLVENDO ARTE E FILOSOFIA NO FILME “SOCIEDADE DOS POETAS MORTOS”

Revista de Educação Pública 31 (1):1-24 (2022)
  Copy   BIBTEX

Abstract

Baseado no filme “Sociedade dos Poetas Mortos”, o artigo assinala o impacto na escola Welton dos novos métodos de ensino e aprendizagem do professor John Keating, que sublinha o sentido e o valor da vida, defendendo o cultivo de si e o conhecimento enquanto afirmação das forças da vida. Dessa forma, fundado na crítica de Nietzsche à “cultura histórica” e à questão envolvendo os professores de filosofia - filósofos ou servidores da “história”? -, o artigo propõe a superação da redução do ser, da vida e da visão à cultura da “moda” e à alienação dos instintos e perda da liberdade.

Author's Profile

Luiz Carlos Mariano da Rosa
Lucent University - LU: Plano, Texas, USA

Analytics

Added to PP
2022-09-30

Downloads
147 (#80,648)

6 months
61 (#73,882)

Historical graph of downloads since first upload
This graph includes both downloads from PhilArchive and clicks on external links on PhilPapers.
How can I increase my downloads?