Os sons e a embriaguez na tragédia segundo Nietzsche

Humanidades Em Dialogo 1 (10):86-99 (2021)
Download Edit this record How to cite View on PhilPapers
Abstract
O presente artigo tratará, no pensamento de Nietzsche, do cotejo entre a concepção de expressão musical e a noção de esquecimento de si. O filósofo, assim, a elabora a partir de uma interpretação peculiar da tragédia grega, da qual absorve as alegorias de Apolo e Dionísio, e finda por relacionar a música com sua concepção mais ampla de arte. Além disso, o artigo tece relações entre a mencionada formulação de Nietzsche, as concepções de Gênio Criador em Schopenhauer e de Obra de Arte Total em Wagner.
PhilPapers/Archive ID
DASOSE-2
Upload history
Archival date: 2021-04-14
View other versions
Added to PP index
2021-04-14

Total views
40 ( #60,263 of 65,657 )

Recent downloads (6 months)
20 ( #36,648 of 65,657 )

How can I increase my downloads?

Downloads since first upload
This graph includes both downloads from PhilArchive and clicks on external links on PhilPapers.