Nomes Vazios

Compêndio Em Linha de Problemas de Filosofia Analítica (2014)
  Copy   BIBTEX

Abstract

Os nomes próprios são termos singulares que intuitivamente indicam os objectos do discurso ou pensamento. Alguns nomes falham na sua função de referir, sem que, aparentemente, deixem de desempenhar um papel representacional. Isso é paradoxal: Por um lado, os objectos referidos deveriam fazer parte de uma caracterização correcta dos nomes próprios. Por outro lado, o significado das frases que incorporam nomes vácuos sugere que tais objectos são extrínsecos aos pensamentos transmitidos. Isto é o problema que se levanta com a existência de representações vácuas. Este artigo apresentará o problema pela perspectiva dada pelo estado da arte corrente.

Author's Profile

Teresa Marques
Universitat de Barcelona

Analytics

Added to PP
2014-07-31

Downloads
390 (#22,010)

6 months
14 (#56,051)

Historical graph of downloads since first upload
This graph includes both downloads from PhilArchive and clicks on external links on PhilPapers.
How can I increase my downloads?