Da impossibilidade de uma relação de self-ownership: o dualismo ontológico na ilusão da auto-propriedade

Revista Trágica: Estudos de Filosofia da Imanência 11 (2):105-126 (2018)
  Copy   BIBTEX

Abstract

O conceito de self-ownership é frequentemente utilizado nos campos da Ética e da Filosofia Política para justificar ou negar a justeza de determinadas situações, atos ou práticas. As críticas a tal conceito são predominantemente focadas em seus corolários. No presente artigo a análise se concentra sobra as condições de possibilidade da existência de uma relação de propriedade de si mesmo – auto-propriedade – procurando-se demonstrar a impossibilidade de tal relação pela ausência de multiplicidade de elementos que possam constituir um proprietário e uma propriedade. A propriedade de si mesmo é fundada em um dualismo ontológico, cuja ilusão procura se respaldar na percepção de si como um outro na constituição da identidade e na confusão da relação genitiva com uma relação de propriedade.

Author's Profile

Analytics

Added to PP
2018-09-10

Downloads
361 (#43,529)

6 months
58 (#65,067)

Historical graph of downloads since first upload
This graph includes both downloads from PhilArchive and clicks on external links on PhilPapers.
How can I increase my downloads?