4 found
Order:
See also
Gabriel Ferreira
Universidade do Vale do Rio dos Sinos
  1.  99
    "Kierkegaard não chegou a desprender-se de Hegel": Notas sobre o juízo de Heidegger sobre Kierkegaard em A hermenêutica da facticidade.Gabriel Ferreira - forthcoming - Trans/Form/Ação.
    Download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  2.  58
    De Dicto and De Re: A Brandomian Experiment on Kierkegaard.Gabriel Ferreira - 2019 - Revista de Filosofia Moderna E Contemporânea 2 (7):221-238.
    During the last few decades, the historical turn within the tradition of the analytic tradition has experienced growing enthusiasm concerning the procedure of rational reconstruction, whose validity or importance, despite its paradigmatic examples in Frege and Russell, has not always enjoyed a consensus. Among the analytic philosophers who are the frontrunners of this movement, Robert Brandom is one of a kind: his work on Hegel as well as on German Idealism has been increasing interest in, as well as awareness of, (...)
    Download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  3.  26
    Corrigir a existência: a ética como estética em Albert Camus.Gabriel Ferreira - 2009 - Cadernos de Ética E Filosofia Política 1 (14):207-224.
    O percurso construído pelo pensamento de Albert Camus (1913-1960) perfaz uma unidade profunda entre Ética e Estética. Par- tindo de uma preocupação explicitamente ética, o autor acaba por ter de desenvolver uma antropologia filosófica, ou seja, um discurso sobre o homem que tem como núcleo um conceito que o reenvia àquilo que podemos chamar de dimensão estética para então, a partir daí, oferecer uma resposta àquele problema ético. Desse modo, pretendemos neste trabalho explicitar o caminho ao qual aludimos em três (...)
    Download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  4.  25
    Camus leitor de Kierkegaard: O conceito de existência com constante referência a Kierkegaard.Gabriel Ferreira - 2010 - Revista Pandora 1 (23):18-24.
    Desde as leituras que formaram seu pensamento até a sua última declaração pública, o filósofo franco-argelino e prêmio Nobel de literatura Albert Camus não deixou de expressar uma relação estreita com o pensamento do filósofo dinamarquês S. A. Kierkegaard. Desse modo, buscamos explicitar alguns elementos desta conexão que deverão contribuir não apenas para a melhor compreensão da relação mesma, mas para o próprio entendimento do pensamento camusiano que se inicia e se desenvolve a partir de uma concepção patética do problema (...)
    Download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark