Delírios e os Limites Explanatórios da Psicologia do Senso Comum

Intuitio 8 (1):185-197 (2015)
Download Edit this record How to cite View on PhilPapers
Abstract
Examino a controvérsia sobre como melhor definir o delírio—um sintoma central de patologias como a esquizofrenia e a demência—e apresentarei algumas das principais dificuldades envolvidas em sua caracterização como crenças. A partir disso, tiro conclusões sobre os limites do vocabulário mentalista da dita psicologia do senso comum e sobre a forma como delírios e outros fenômenos elusivos devem ser propriamente caracterizados pela psiquiatria para que uma explicação integrativa destes seja alcançada.
PhilPapers/Archive ID
PORDEO
Revision history
Archival date: 2016-12-16
View upload history
References found in this work BETA

No references found.

Add more references

Citations of this work BETA

No citations found.

Add more citations

Added to PP index
2016-12-16

Total views
105 ( #24,732 of 41,641 )

Recent downloads (6 months)
34 ( #18,247 of 41,641 )

How can I increase my downloads?

Downloads since first upload
This graph includes both downloads from PhilArchive and clicks to external links.