Delírios e os Limites Explanatórios da Psicologia do Senso Comum

Intuitio 8 (1):185-197 (2015)
Download Edit this record How to cite View on PhilPapers
Abstract
Examino a controvérsia sobre como melhor definir o delírio—um sintoma central de patologias como a esquizofrenia e a demência—e apresentarei algumas das principais dificuldades envolvidas em sua caracterização como crenças. A partir disso, tiro conclusões sobre os limites do vocabulário mentalista da dita psicologia do senso comum e sobre a forma como delírios e outros fenômenos elusivos devem ser propriamente caracterizados pela psiquiatria para que uma explicação integrativa destes seja alcançada.
PhilPapers/Archive ID
PORDEO
Upload history
Archival date: 2016-12-16
View other versions
Added to PP index
2016-12-16

Total views
187 ( #31,603 of 2,448,758 )

Recent downloads (6 months)
21 ( #30,289 of 2,448,758 )

How can I increase my downloads?

Downloads since first upload
This graph includes both downloads from PhilArchive and clicks on external links on PhilPapers.