5 found
Order:
See also
Ricardo Miguel
Universidade de Lisboa
  1.  28
    Against Animal Replaceability: A Restriction on Consequences.Ricardo Miguel - 2021 - In Michael Schefczyk & Christoph Schmidt-Petri (eds.), Utility, Progress, and Technology: Proceedings of the 15th Conference of the International Society for Utilitarian Studies. Karlsruhe: KIT Scientific Publishing. pp. 183-192.
    Animal replaceability is supposed to be a feature of some consequentialist theories, like Utilitarianism. Roughly, an animal is replaceable if it is permissible to kill it because the disvalue thereby caused will be compensated by the value of a new animal’s life. This is specially troubling since the conditions for such compensation seem easily attainable by improved forms of raising and killing animals. Thus, grounding a strong moral status of animals in such theories is somewhat compromised. As is, consequently, their (...)
    Download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  2. Especismo.Ricardo Miguel - 2020 - Compêndio Em Linha de Problemas de Filosofia Analítica.
    Em analogia com outras discriminações, como o racismo ou o sexismo, o especismo é concebido como uma forma de discriminação moral com base na espécie. Em grande medida, a discussão contemporânea sobre a importância moral dos animais surgiu e desenvolveu-se em torno da crítica e da defesa do especismo. Este artigo oferece uma visão da discussão filosófica contemporânea sobre o especismo. Após uma breve introdução, apresenta-se uma definição de especismo e caracterizam-se vários tipos de especismo, sendo o Antropocentrismo o mais (...)
    Download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  3. An Autonomist View on the Ethical Criticism of Architecture.Ricardo Miguel - 2016 - [email protected] (5):131-141.
    It is a fact that there is ethical criticism about art. Art critics, the general public and even artists point out moral flaws in artworks while evaluating them. Philosophers, however, have maintained a hot debate on the meaning of such criticism. This debate can be understood as a disagreement about the kind of relation between the artistic value of artworks and their alleged moral value. While some claim that moral value can contribute to artistic value (moralism), others claim that there (...)
    Download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  4. Semantic Externalism. [REVIEW]Ricardo Miguel & Diogo Santos - 2016 - Disputatio 8 (42):131-137.
    Download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  5. Como não defender o vegetarianismo enquanto obrigação moral.Ricardo Miguel - 2017 - [email protected] 6:13-23.
    No artigo “O vegetarianismo como obrigação ética” (Crítica, 10 de Setembro de 2015), Moutinho defende que o vegetarianismo é uma obrigação moral. Fá-lo argumentando por duas vias: que o estatuto moral dos animais é incompatível com serem usados pelos humanos para alimentação; e que o vegetarianismo é consequência do nosso dever em preservar o equilíbrio ecológico do planeta. O meu objectivo neste artigo é mostrar que os argumentos apresentados são insuficientes para estabelecer o vegetarianismo como obrigação moral.
    Download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark