Instrução e Corrupção Moral pela Literatura: engajamento emocional e o valor epistémico da arte narrativa

Revista Filosófica de Coimbra 31 (61):59-74 (2022)
  Copy   BIBTEX

Abstract

Pretende-se auscultar a possibilidade de instrução moral pela literatura. Defender-se-á que a arte narrativa é capaz de instruir moralmente pois 1) proporciona um tipo de conhecimento não-proposicional que permite o acesso a novas perspetivas, e 2) é capaz de cultivar e refinar os valores e as práticas morais dos leitores, através do engajamento emocional. Tentar-se-á mostrar que o poder inverso — o poder de corromper moralmente — não se verifica (ou não se verifica tão facilmente): apelar-se-á à resistência imaginativa humana que parece impedir que o Homem exporte perspetivas morais que violentam o seu próprio posicionamento axiológico.

Author's Profile

Mariana Almeida Pereira
University of Coimbra

Analytics

Added to PP
2022-03-28

Downloads
109 (#80,007)

6 months
64 (#60,294)

Historical graph of downloads since first upload
This graph includes both downloads from PhilArchive and clicks on external links on PhilPapers.
How can I increase my downloads?